Reprodução
Reprodução

Prévia de novo documentário sobre os Beatles é divulgada

Origem do longa dirigido por Peter Jackson são 56 horas de filmagens feitas em 1969

Renato Vieira, O Estado de S.Paulo

21 de dezembro de 2020 | 16h47

Uma prévia de um novo documentário sobre os Beatles com foco nas gravações do que seria o disco Let It Be (1970) foi colocada nesta segunda-feira, 21, nas redes oficiais do grupo.

No vídeo com duração de quase seis minutos, o diretor Peter Jackson (O Senhor dos Anéis) faz uma introdução explicando que a origem do longa-metragem, intitulado Get Back, são 56 horas de filmagens feitas em estúdio de gravação em 1969 e que deram origem ao documentário Let it Be, lançado junto com o álbum.

Por conta da pandemia, Get Back foi adiado e deve estrear apenas em 2021. Nas imagens inéditas que foram incorporadas ao documentário, John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr aparecem felizes e brincando entre si, gravando Two of Us e Get Back. Também aparecem no vídeo o tecladista Billy Preston, Yoko Ono (então mulher de John) e Linda McCartney (então casada com Paul).

O projeto Get Back, que acabou virando Let it Be, foi programado para ser uma "volta às origens" do grupo, depois de dois projetos arrojados: Sgt. Peppers Lonely Hearts Club Band (1967) e The Beatles (1968), o famoso álbum branco. A ordem era apostar na simplicidade. Mas o disco foi engavetado e só foi lançado em 1970, depois de Abbey Road (1969), em meio à separação do grupo. Paul detestou o resultado do trabalho feito pelo produtor Phil Spector, especialmente as cordas e o coral colocados em The Long And Winding Road, enquanto John aprovou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.