Antonio Nava/Reuters
Antonio Nava/Reuters

Presidente colombiano desmente que García Márquez tenha câncer

Em declarações à imprensa, chefe de Estado ainda declarou apoio ao escritor e à família

EFE

16 de abril de 2014 | 14h28

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, disse nesta quarta-feira, 16, que Gabriel García Márquez não está padecendo de câncer, e apenas reforçou que o escritor teve uma pneumonia da qual está se recuperando.

Santos se referiu à saúde de García Márquez em declarações dadas a jornalistas em Popayán, na região sudoeste da Colômbia. "Não é verdade o que um jornal mexicano publicou, que voltou o câncer de García Márquez", disse o presidente, sem mencionar as fontes da informação.

O jornal mexicano El Universal divulgou na segunda-feira, 14, que Gabo estaria sofrendo um processo canceroso que lhe afeta os pulmões, os gânglios e o fígado, citando fontes anônimas "confiáveis". Em 1999, o prêmio Nobel de Literatura de 1982 superou um câncer linfático.

"Ele está em sua casa, e, claro, todos rezamos para que se recupere logo", disse Juan Manuel Santos, se referindo à pneumonia que afetou o escritor na semana anterior.

Também na segunda-feira, a família de Gabriel García Márquez divulgou uma nota dizendo que a saúde do autor de Cem Anos de Solidão se encontra num estado "muito frágil", mas não confirmou os boatos sobre o câncer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.