Presa família especializada em roubo de obras de arte

A polícia prendeu três homens da mesma família (pai, filho e tio) responsáveis pelo roubo, no mês passado, de 24 telas de vários pintores famosos, entre elas de Di Cavalcanti.O acervo está avaliado em R$ 20 milhões e pertencia a uma família tradicional de São Paulo.O grupo também roubava jóias de vários estabelecimentos e de famílias nobres da cidade. Os integrantes, as telas e as jóias serão apresentados hoje à tarde na 2ª1 Delegacia Seccional da Região Sul de São Paulo.

Agencia Estado,

14 de outubro de 2004 | 14h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.