Prêmio teatral anuncia indicados do 1º semestre em SP

A organização da 23ª edição do Prêmio Shell de Teatro anunciou hoje a lista dos indicados em São Paulo, referente às peças que estrearam no primeiro semestre deste ano. Com cinco indicações, o espetáculo "Escuro" lidera a disputa. Com a peça, Leonardo Moreira concorre nas categorias autor, direção e cenário. Marisa Bentivegna divide com Leonardo a indicação pela cenografia. O espetáculo ainda está na disputa nas categorias atriz (Luciana Paes) e figurino (Theodoro Cochrane).

AE, Agência Estado

07 de julho de 2010 | 12h31

Francisco Carlos completa a lista de autores indicados por "Namorados da Catedral Bêbada". Na categoria ator, concorrem Fulvio Stefanini, por "A Grande Volta", Lee Thalor, por "Policarpo Quaresma", e Otávio Martins, por "Side Man". Ana Lucia Torre disputa o prêmio de atriz, por "Seria Cômico Se Não Fosse Sério". Na categoria iluminação estão na disputa Wagner Antônio, pelo espetáculo "H.A.M.L.E.T.", inspirado na obra do autor inglês William Shakespeare, e Beto Bruel, por "Cinema".

Neste primeiro semestre, a indicação de categoria especial é para Karin Rodrigues, pelo encaminhamento e socialização do acervo pessoal de Paulo Autran a instituições culturais, e para Luiz Päetow, pela concepção e pesquisa do espetáculo "Abracadabra".

Para cada edição, são divulgadas duas listas de indicados. Os espetáculos selecionados nesta primeira fase estrearam em São Paulo entre janeiro e junho de 2010 e alcançaram o número mínimo de apresentações para serem elegíveis - 24. Os vencedores de cada categoria receberão uma escultura em metal do artista plástico Domenico Calabroni e uma premiação de R$ 8 mil. Em janeiro serão conhecidos os indicados do segundo semestre e, no início de 2011, os vencedores do Prêmio Shell de Teatro de São Paulo.

Mais conteúdo sobre:
teatroprêmioindicados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.