Prêmio Pulitzer vai para Lawrence Wright e Cormac McCarthy

Sai a lista dos vencedores do Prêmio Pulitzer, um dos principais prêmios norte-americanos na área da literatura, jornalismo e música. É concedido desde 1917 pela Universidade de Columbia em Nova York. Lawrence Wright venceu na categoria de ensaio por seu livro The Looming Tower: Al-Qaeda and the Road to 9/11, uma análise profunda de como o fundamentalismo islâmico mudou o mundo moderno. O livro tem previsão de lançamento para a sexta-feira, 20, no Brasil, pela editora Companhia das Letras, com o título de O Vulto das Torres - A Al-Qaeda e o caminho até o 11/9.Wright é autor de cinco obras de não-ficção e um romance. É colunista da revista The New Yorker e pesquisador do Centro de Direito e Segurança da Universidade de Nova York. Seu livro premiado com o Pulitzer ficou dez semanas na lista dos mais vendidos do The New York Times e foi considerado um dos cinco melhores livros de não-ficção de 2006 pela revista Time.RomanceCormac McCarthy ganhou o Pulitzer na categoria de ficção pelo romance apocalíptico The Road. No Brasil, é publicado pela editora Objetiva, que mantém em catálogo Onde os Velhos Não Têm Vez, um romance que o The New York Times chamou de "faroeste sem compaixão" que lembra os filmes de Quentin Tarantino. Porém, a adaptação desta obra para o cinema está sendo feita pelos irmãos Joel e Ethan Coen, com estréia prevista para 2007.McCarthy é autor de nove romances, entre eles, Todos os Belos Cavalos, A Travessia e Cidade das Planícies. Americano de Rhode Island, nascido em 1933, já ganhou o Faulkner Award, National Book Award e National Book Critics Circle Award, além de ser comparado aos grandes nomes das letras americanas como Don DeLillo, Philip Roth e Thomas Pynchon.Biografia, músicaDebby Applegate ganhou o Pulitzer pela biografia The Most Famous Man in America: TheBiography of Henry Ward Beecher, um abolicionista do século 19.Por outro lado, Gene Roberts e Hank Klibanoff levaram o prêmio na área de história, por The Race Beat: The Press, the Civil Rights Struggle, and the Awakening of a Nation, no qual analisam como os meios de comunicação cobriram as lutas pelos direitos civis acabando com os prejulgamentos no jornalismo e na sociedade norte-americana.David Lindsay-Abaire obteve o prêmio de dramaturgia por Rabbit Hole, peça sobre um casal endinheirado do subúrbio, que tenta superar a morte de seu pequeno filho, após ter sido atropelado acidentalmente por um automóvel.O jazzista Ornette Coleman ganhou o Pulitzer por seu livro de música Sound Grammar e Natasha Trethewey, o de poesia por Native Guard. O grande nome da ficção científica Ray Bradbury e o reconhecido saxofonista de jazz John Coltrane receberam menções especiais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.