Prêmio Panamco de teatro juvenil anuncia indicados

Com texto de Luiz Alberto de Abreu,direção de Ednaldo Freire e interpretação dos atores da Cia. deArtes e Malas-Artes, a comédia Auto da Paixão e da Alegriarecebeu o maior número das indicações do segundo semestre para oPrêmio Panamco de Teatro 2002, a única premiação exclusivamentededicada à produção infanto-juvenil. O Auto da Paixão e da Alegria, uma bem-humoradaversão, à brasileira, da paixão de Cristo, que ainda está em cartaz de sexta a domingo no Teatro Paulo Eiró (Av. AdolfoPinheiro, 765, Santo Amaro, São Paulo), recebeu indicações nascategorias autor, diretor, duas para ator (Edgar Campos e LutiAngelelli), figurino (Luiz Augusto dos Santos) e melhorespetáculo jovem. Curiosamente, o Auto está em temporada noassim chamado "horário adulto", às 21 horas. O júri do Prêmio Panamco 2002 é integrado pelo atorEwerton de Castro, pela crítica Mônica Rodrigues da Costa epelas jornalistas Beatriz Rosenberg e Denise Gustavsen. Foramanunciados os melhores do segundo semestre em 13 categorias:autor, diretor, cenógrafo, figurino, ator, atriz, iluminação,trilha sonora, revelação, espetáculo infantil, espetáculo jovem,produção e categoria especial. Como Auto, na categoria espetáculo juvenil foiescolhido A Lenda dos Jovens Detentos, peça que recebeuainda indicações para autor (Leo Lama), trilha sonora (DéboraDubois) e ator (Fernando Padilha). Na categoria autor estãoainda o grupo As Meninas do Conto, por Por Que o Mar tantoChora e Cláudia Vasconcellos, por As Roupas do Rei. Esteespetáculo tem indicações também para direção (Cristina Lozano),atriz (Jacqueline Obrigon), revelação para Tadeu Knudsen pelailustração do cenário e melhor espetáculo infantil. Nesta últimacategoria estão também indicados As Quatro Chaves,Candim e Por Que o Mar tanto Chora. Na categoria revelação há uma indicação coletiva paraAntônio Dô, Galego, Nelsinho Costa e Fabio A. A. de Oliveira,responsáveis pelas músicas originais de Candim. Na relaçãode diretores, além de Ednaldo Freire e Cristina Lozano estão IloKrugli, por As Quatro Chaves e As Meninas do Conto, pelapeça Por Que o Mar tanto Chora. O espetáculo de bonecos Vovô, da Cia. Trucks,recebeu uma indicação coletiva - Henrique Sitchin, VerônicaGerchman, Marli Hatum, Claudemir Santana, Cassia Domingues eSandra Lessa - pela cenografia. Nesta mesma categoria estãoindicados Drika Vieira e Carlinhos Rodrigues por Candim,Ulisses Cohn por A Farsa do Advogado Pathelin e WilliamPereira por Romeu e Julieta. Na categoria especial, merecedestaque a indicação de Gianni Ratto, pela curadoria do Projetode Formação de Público da Secretaria Municipal de Cultura. Osvencedores entre os indicados do primeiro e segundo semestresdevem ser conhecidos em março.

Agencia Estado,

28 de janeiro de 2003 | 16h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.