Prêmio Panamco de teatro anuncia finalistas

O prêmio Panamco de Teatro, que premia as melhores peças infantis e juvenis em treze categorias, anunciou os indicados à edição 2001. Na categoria de melhor peça infantil, concorrem Corda Bamba, De Mala e Cuia, e O Caso da Casa. Para o prêmio de melhor juvenil foram selecionados Bartolomeu, o que Será que Nele Deu, Farsa Quixotesca e Scapino. A festa de premiação ocorre no dia 9 de abril, na casa noturna LIVE. Os primeiro colocados recebem um incentivo no valor de R$ 4 mil.O Panamco de Teatro existe desde 1996. No ano passado, o vencedor foi o espetáculo Vô Doidim e os Velhos Batutas, que acumulou prêmios em três categorias, inclusive na de melhor espetáculo. As peças são assistidas pelo júri composto por quatro profissionais ligados ao teatro que, a cada três meses, indicam até quatro concorrentes em cada categoria. Participam apenas peças que estiveram em cartaz, no mínimo por dois meses, no ano passado. O júri é formado pelos jornalistas Dib Carneiro, do Caderno 2, do jornal O Estado de S. Paulo, Mônica Rodrigues da Costa, da Folha de S.Paulo, Beatriz Rosemberg, da TV Cultura, além de Wilma de Sousa, diretora, produtora e atriz. Na categoria de melhor diretor concorrem Débora Dubois, por Pirata na Linha, Georgette Fadel, Bartolomeu que Será que Nele Deu? e Silnei Siqueira, que dirigiu De Mala e Cuia. Para o prêmio de Melhor Ator foram selecionados Alberto Medina e Fernando Sampaio, ambos de Farsa Quixotesca e Fabiano Augusto, de Pirata na Linha. As concorrentes a melhor atriz são Beatriz Torres, A Estranha Vida de Hilledje Jans, Claudia Schapira, de Bartolomeu que Será que Nele Deu? e Jacqueline Obrigon, de Corda Bamba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.