Prêmio Nobel de 1913 é roubado de museu na Índia

Ladrões invadiram o museu de uma universidade indiana e levaram a medalha que o poeta Rabindranath Tagore recebeu ao vencer o Nobel de literatura de 1913. Além da distinção, os bandidos roubaram também um relógio, pinturas raras, mais medalhas e outros artigos pertencentes a Tagore. Morto 1941, Tagore venceu o Prêmio Nobel pela obra poética Gitanjali. Seu acervo fou roubado da universidade Visva Bharati, que ele próprio ajudou a fundar, em 1921. A instituição fica na cidade de Santiniketan, 200 quilômetros a noroeste de Calcutá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.