Prêmio Multicultural Estadão será entregue amanhã

Os quatro vencedores do PrêmioMulticultural Estadão 2002 receberão seus troféus amanhã, emevento que será realizado às 20h30, somente para convidados, naCinemateca Brasileira. O grupo de teatro mineiro Galpão, o atore diretor Antônio Abujamra, o músico Jards Macalé e o Institutode Cultura da Fundação Joaquim Nabuco, do Recife - na categoriafomentador cultural -, foram os escolhidos por um colégioeleitoral composto por 6 mil artistas, intelectuais e formadoresde opinião. Para os vencedores, serão entregues os troféuscriados especialmente pela artista plástica Sandra Cinto.Já todos os outros criadores e institutos que foramindicados para essa sexta edição do prêmio - uma iniciativa dojornal O Estado de S. Paulo com patrocínio da empresa SerasaS.A. - receberão o troféu realizado pela artista Márcia Pastore.Além dos indicados deste ano na categoria criadores - o atorPaulo César Pereio; a coreógrafa Angel Viana; o crítico decinema Ismail Xavier, os artistas plásticos Artur Barrio eAbraham Palatnik; o videoartista Eder Santos; e o DJ Dolores - ena categoria fomentadores culturais - o Fundo Nacional de Apoioà Produção Artística e Cultural de Porto Alegre (Fumproarte); oFórum Internacional de Dança (FID); e o VideoBrasil, FestivalInternacional de Arte Eletrônica -, também serão contempladoscom o troféu feito por Márcia Pastore os indicados de todas asoutras cinco edições do Prêmio Multicultural Estadão. Acuradoria dos troféus desse sexto prêmio é assinada pelo atualdiretor da Pinacoteca, Marcelo Araújo.A artista plástica Sandra Cinto criou um troféu que éuma esfera de mármore em uma base de madeira com desenhos quesão incisões na pedra feitas com ponta de diamante. A primeiraidéia era colocar pó de grafite sobre os traços - ficaria aesfera branca com desenhos bem finos em preto, mas, no final, aartista preferiu não usar o grafite. "Agora, conforme a luzbate na pedra há a possibilidade de ver o desenho", diz Sandra,completando que é interessante girar a peça para perceber ostraços. Se os riscos fossem firmados com o pó de grafite, comoera a proposta anterior da artista, seria como se o desenhoestivesse muito bem demarcado. Mas, depois, Sandra achou que aidéia ficaria melhor se o desenho dependesse da luz, da sombra,ficando escondido, tornando a obra silenciosa como o trabalhodos artistas, que foi se demarcando durante muito tempo.O mármore foi escolhido justamente para remeter a essaidéia de pedra lapidada, como uma metáfora para a trajetória dospremiados. A esfera está relacionada com a forma do mundoredondo, da Lua, e de tantas outras possibilidades. E as linhas,gravadas pela artista, simbolizam um percurso das pessoaspremiadas, criadores que "deixam marca com o que fazem", contaSandra.Outra idéia presente no troféu é que a esfera pareceestar em repouso sobre a base de madeira apesar de o mármore serum material pesado. Há um sentido de leveza. Mas, ao mesmo tempo, como a artista colocou a esfera bem no canto da base, dá-se aimpressão de que a pedra redonda está a ponto de ser lançada,parece que a esfera pode rolar a qualquer momento.Exclusividade - Cada troféu é uma obra única já queSandra Cinto fez um desenho diferente em cada um deles. Foi umtrabalho de gravação mesmo, pensado não como troféu, mas comoescultura. A artista conta com entusiasmo que foi um exercíciointeressante ficar olhando cada desenho depois de pronto eescolher qual das peças se relacionava mais com cada um dospremiados.Qual desenho remeteria à música "inventiva, irrequietae irreverente" de Jards Macalé? Hoje reconhecido como um dosmais importantes violonistas do Brasil, Jards Macalé começou suacarreira em 1965 quando substituiu o violonista RobertoNascimento no Grupo Opinião. Desde então fez direção musical deespetáculos, tornou-se importante instrumentista e compositor,foi gravado por grandes nomes da MPB e fez, também, trilhas defilmes como Macunaíma e O Dragão da Maldade contra o SantoGuerreiro, além de músicas para espetáculos de teatro.Ao mesmo tempo, qual dos desenhos de Sandra Cintocaberia melhor ao ator e diretor Antônio Abujamra, "70 anos deidade, 52 de profissão e 118 peças dirigidas"? AtualmenteAbujamra comanda o programa Provocações, da TV Cultura.Alcançou uma grande popularidade fazendo o bruxo Havengar nanovela Que Rei Sou Eu?, da Globo. Mas interessa muitosua trajetória no teatro.Recentemente realizou duas grandes produções: Chuva de Bala noPaís de Mossoró, no Rio Grande do Norte, que conta a históriade como a cidade resistiu a Lampião e seu bando há 75 anos, euma adaptação de Hamlet, no Rio, com 19 atores negros.E, por fim, o grupo Galpão, companhia mineira quecomeçou sua trajetória há 20 anos atuando nas ruas de BeloHorizonte. O grupo é formado somente por atores, sem a liderançade um diretor e sua projeção, até mesmo internacional, ocorreucom a montagem de Romeu e Julieta. Os três premiados nacategoria criadores também receberão R$ 30 mil cada um. OInstituto de Cultura da Fundação Joaquim Nabuco, que incentivaas áreas de cinema, artes plásticas, artes cênicas e editoraçãoem ciências humanas e sociais, no Nordeste, receberá o troféu deSandra Cinto.Já para os outros indicados - deste ano e dos outros - aartista Márcia Pastore está fazendo uma edição de 72 troféus.São esculturas em bronze pintadas com tinta automotiva brancasobre uma placa branca de acrílico. O excesso de branco é um dospontos pensados pela artista - "a cor saturada faz com que aspessoas levem tempo para enxergar direito a peça", diz aartista completando que queria explorar o mistério da cor.O conceito do troféu feito por Márcia está relacionadocom toda a sua pesquisa desenvolvida em sua carreira já que éuma moldagem que traz o espaço entre dois corpos - nesse caso, oespaço entre a mão e um plano. "É um espaço que pode conterqualquer coisa". A memória, a passagem de todos os indicadospara o Prêmio, suas trajetórias.6.º Prêmio Multicultural Estadão 2002. Hoje, a partir das 20h30.Cinemateca Brasileira. Largo Senador Raul Cardoso, 207, VilaClementino. O evento será aberto apenas para convidados.Patrocínio: Serasa S.A.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.