Prêmio Jorge Amado ganha patrocínio da TAM

O Prêmio Nacional Jorge Amado de Literatura e Arte ganha neste ano o patrocínio da TAM. O acordo foi assinado hoje pelo vice-presidente da companhia, Wagner Ferreira, e pelo secretário da Cultura e Turismo da Bahia, Paulo Gaudenzi. O profissional premiado nesta terceira edição, que receberá R$ 100 mil líquidos, deve ser da área de dança. O prêmio, criado em 2001, logo após a morte do escritor baiano, já consagrou Ariano Suassuna (2002), a atriz Cleyde Yáconis (2003) e o maestro Edino Krieger (2004). "A intenção é que a parceria se mantenha para os próximos anos, da mesma forma que estamos fazendo com o Grande Prêmio TAM do Cinema Brasileiro, que será entregue em maio", declarou Ferreira. "A divulgação e a distribuição de mais de 5 mil regulamentos para entidades ligadas à dança de todo o País começa já neste mês", informou Gaudenzi.

Agencia Estado,

08 de março de 2005 | 20h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.