Prêmio Jorge Amado dará R$ 100 mil

Será de R$ 100 mil o Prêmio Jorge Amado de Cultura e Arte que o governador César Borges (PFL) lança amanhã, no Palácio de Ondina, para homenagear o escritor baiano. O prêmio será concedido ao melhor trabalho na área de literatura, imagem, som, teatro e artes plásticas, feito no Brasil no período de agosto de 2001 a agosto de 2002. A idéia é premiar pessoa ou a obra de excelência que se destacar no cenário nacional nos próximos 12 meses. Detalhes do regulamento serão divulgados durante a Semana da Cultura, no início de novembro.O governo baiano convidará uma comissão julgadora de notáveis para apreciar os trabalhos e divulgará o resultado no Diário Oficial do Estado. A entrega do prêmio ocorrerá sempre no dia 10 de agosto, data do aniversário do escritor. "Essa homenagem é quase uma obrigação que temos para com o nosso maior escritor, que levou a Bahia e o Brasil ao mundo através de seus romances, popularizou a leitura e soube interpretar como ninguém a alma do baiano", disse o secretário de Cultura e Turismo da Bahia, Paulo Gaudenzi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.