Prêmio de teatro anuncia 2ª lista de indicados no Rio

A organização do 22º Prêmio Shell de Teatro anunciou ontem a segunda lista de indicados no Rio de Janeiro. Os nomes são referentes às peças que estrearam entre julho e dezembro de 2009, e concorrem com os escolhidos no primeiro semestre, compondo a lista de finalistas da edição. O espetáculo "O Despertar da Primavera", com direção de Charles Möeller e Cláudio Botelho, foi o recordista de indicações, concorrendo em cinco categorias, entre elas as de diretor e ator. Na sequência aparece "Oui Oui... A França É Aqui", dirigido por João Fonseca, com quatro indicações.

AE, Agencia Estado

07 de janeiro de 2010 | 08h47

Confira a lista completa de indicados:

Autor:

(2º semestre)

Gustavo Gasparani e Eduardo Rieche por "Oui oui... A França é aqui";

Flávio Marinho por "Além do arco-íris".

(1º semestre)

Lícia Manzo por "A História de Nós 2";

Rodrigo Nogueira por "Play".

Direção:

(2º semestre)

Bruce Gomlevesky por "Festa de família";

Charles Möeller por "O despertar da primavera";

João Fonseca por "Oui oui... A França é aqui".

(1º semestre)

Charles Möeller por "Avenida Q";

Enrique Diaz por "In on It";

João das Neves por "Farsa da boa preguiça".

Ator:

(2º semestre)

Chico Diaz por "Moby Dick";

Michel Bercovitch por "Gorda";

Rodrigo Pandolfo por "O despertar da primavera".

(1º semestre)

André Dias por "Avenida Q";

Fernando Eiras por "In on It";

Otávio Augusto por "Rock N'' Roll".

Atriz:

(2º semestre)

Beth Goulart por "Simplemente eu, Clarice Lispector";

Cristina Pereira por "A tartaruga de Darwin";

Solange Badin por "Oui oui... A França é aqui".

(1º semestre)

Bianca Byington por "Farsa da boa preguiça";

Marília Pêra por "Gloriosa";

Sabrina Korgut por "Avenida Q".

Cenário:

(2º semestre)

Camila Toledo e Bia Lessa por "Formas breves";

Fernando Mello da Costa e Rostand Albuquerque por "Moby Dick";

Rogério Falcão por "O despertar da primavera".

(1º semestre)

Alberto Renault por "Dois irmãos";

Carlos Alberto Nunes por "A chegada de lampião no inferno".

Figurino:

(2º semestre)

Beth Filipecki por "As meninas";

Marcelo Pies por "O despertar da primavera".

(1º semestre)

Kalma Murtinho por "Gloriosa";

Rodrigo Cohen por "Farsa da boa preguiça".

Iluminação:

(2º semestre)

Maneco Quinderé por "Simplemente eu, Clarice Lispector";

Paulo César Medeiros por "O despertar da primavera".

(1º semestre)

Paulo César Medeiros por "Avenida Q";

Renato Machado por "A chegada de lampião no inferno".

Música:

(2º semestre)

Tim Rescala pela direção musical e arranjos de "Miranda por Miranda";

João Callado e Nando Duarte por ""Oui oui... A França é aqui".

(1º semestre)

Alexandre Elias por "Farsa da boa preguiça";

Liliane Secco por "Esta nossa canção".

Categoria especial:

(2º semestre)

CCBB pelos 20 anos de incentivo ao teatro e demais atividades artísticas;

Márcia Rubin pelas coreografias de "Miranda por Miranda".

(1º semestre)

Claudio Botelho pela versão das músicas de "Avenida Q";

Galpão Aplauso pela inclusão social no teatro de forma dinâmica e produtiva, através do espetáculo "Todo mundo é mundo";

Cia. Movimento Carioca de Teatro pelo projeto de montagem de "Espia uma mulher que se mata" por sua importância para o intercâmbio cultural com o teatro latino-americano.

Homenagem: Eva Todor por sua iluminada trajetória no cenário artístico brasileiro.

Tudo o que sabemos sobre:
teatroespetáculosprêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.