Prêmio de literatura divide brasileiros e portugueses

Disputa pelo Prêmio Portugal Telecom tem dois favoritos, Gonçalo M. Tavares e Nuno Ramos

Antonio Gonçalves Filho, de O Estado de S. Paulo,

10 de novembro de 2009 | 17h55

Oito romances, um livro de contos e outro de poesia concorrem ao Prêmio Portugal Telecom, que será entregue na noite desta terça, 10. Na sétima edição do prêmio, o grande nome da literatura portuguesa contemporânea, Gonçalo M. Tavares (vencedor do Prêmio Portugal Telecom 2007 com Jerusalém), surge como um dos favoritos ao lado do brasileiro Nuno Ramos. Tavares concorre com Aprender a Rezar na Era da Técnica, considerado seu melhor livro. Seu concorrente mais forte, Nuno Ramos, é, além de escritor, um dos mais importantes artistas plásticos contemporâneos do Brasil. Ele concorre com o livro de ficção Ó, publicado pela editora Iluminuras. Serão concedidos três prêmios nos valores de R$ 100 mil, R$ 30 mil e R$ 15 mil.

 

Os vencedores serão escolhidos numa lista de dez finalistas. Estão entre eles veteranos como o brasileiro João Gilberto Noll e o português António Lobo Antunes (segundo lugar na edição 2008 com a obra Eu Hei de Amar uma Pedra). Escritores vindos de outras áreas, como o desenhista, ator e roteirista de cinema Lourenço Mutarelli, concorrem com autores consagrados, do português José Luís Peixoto ao já premiado Silviano Santiago (segundo lugar no Prêmio Portugal Telecom 2005 com O Falso Mentiroso). Além desses nomes, concorrem o brasileiro Eucanaã Ferraz com a única obra de poesia na final, a portuguesa Inês Pedrosa e a brasileira Maria Esther Maciel.

 

Participaram do júri inicial professores de literatura e os principais críticos dos jornais e revistas brasileiros. O júri final elegerá os vencedores por meio de votação individual e secreta. Ele é composto por Flora Sussekind, José Castello, Maria Lúcia Dal Farra, Antonio Carlos Secchin, Beatriz Resende, Benjamin Abdala Júnior, Leyla Perrone-Moisés, Regina Zilberman, Sérgio Sá e Selma Caetano, curadora do prêmio.

Tudo o que sabemos sobre:
Prêmio Portugal Telecom

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.