Prêmio Camões a Rubem Fonseca emociona Lula

O presidente Luíz Inácio Lula da Silva disse hoje, nesta capital, que por ser brasileiro e, por dever de ofício, se orgulhava de participar da solenidade de entrega do Prêmio Camões ao romancista José Rubem Fonseca. Na cerimônia realizada no Mosteiro dos Jerônimos, ao lado do presidente Jorge Sampaio, Lula emocionou-se quando a filha de Rubem Fonseca, Maria Beatriz Fonseca Duarte, levantou-se para receber a homenagem, em nome do pai que se encontra enfermo. O prêmio foi entregue por Lula e Jorge Sampaio. Segundo Lula, o Prêmio Camões tem dimensão especial porque consagra o talento narrativo, domínio e agilidade da prosa, inovadora e inquietante de Rubem Fonseca, que já conquistou, este ano no Brasil, o Prêmio Jabuti. Depois de receber o prêmio, Maria Beatriz leu a mensagem que o pai enviou agradecendo a homenagem. Rubem Fonseca pediu que ela falasse em seu nome sobre dois sentimentos: "a felicidade de receber o prêmio no país em que meus pais nasceram e o orgulho de receber o Prêmio Camões. Orgulho que sinto há muitos anos de escrever, falar em português, língua esplêndida de beleza e riqueza. Se alguém tiver alguma dúvida, que leia os poetas daqui e de além-mar, começando por Camões", dizia a mensagem. Antes da entrega do prêmio, o presidente Lula participou da cerimônia de deposição de uma coroa de flores no túmulo de Camões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.