Valéria Gonçalvez/AE
Valéria Gonçalvez/AE

Prefeitura estima público recorde de 4 mi na Virada Cultural

Evento, que completou cinco anos, contou com uma série ininterrupta de shows durante 24 horas

Agência Brasil ,

03 de maio de 2009 | 18h51

A região central da capital paulista, normalmente vazia nos fins de semana, ficou agitada entre o início da noite de sábado, 2, e a madrugada e todo o dia de neste domingo, 3, com os diversos shows de música e dança da Virada Cultural. O evento, que completou cinco anos, é realizado pela prefeitura de São Paulo.

 

Segundo cálculo da prefeitura, cerca de 4 milhões de pessoas participaram da edição deste ano do evento, ou 500 mil a mais do que no ano passado. A Virada, que consiste em uma série ininterrupta de shows durante 24 horas, é acompanhada tanto por paulistanos quanto por turistas. O evento começou às 18h de ontem e termina daqui a pouco, às 18h.

 

De acordo com a Política Militar, até a tarde deste domingo, 3, o movimento foi tranquilo. Tanto era possível ouvir o som de um piano, admirado por uma plateia comedida e calmamente acomodada em cadeiras na Praça Dom José Gaspar, quanto acompanhar o gingado das pessoas que foram assistir às apresentações de músicas mais populares, no Largo do Arouche, e de outros artistas nos demais pontos culturais, como a Avenida São João e o Parque da Luz.

 

Cinco mil artistas foram contratados para as apresentações de música, dança e espetáculos circenses entre outros, programados para 150 locais. Segundo a São Paulo Turismo (SPTuris), a edição da Virada Cultural deste ano envolveu investimentos de R$ 4,5 milhões ante R$ 6 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
virada cultural

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.