Prefeitura do Rio decide manter repasse à OSB

A Prefeitura do Rio de Janeiro voltou atrás e decidiu manter o repasse de R$ 8 milhões à Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB). Em reunião realizada na tarde desta quinta-feira, 2, no gabinete do prefeito Eduardo Paes, com a presença do superintendente da OSB, Ricardo Levisky, e outros dois conselheiros, ficou acertado que a parceria entre a prefeitura e a Sinfônica, que já durava 20 anos, será mantida. Durante a reunião, ficou acertado também que o secretário municipal de Cultura, Sérgio Sá Leitão, passa a integrar o conselho da OSB.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.