Prada vai colocar suas ações na bolsa

Depois de quase três anos de atraso, a Prada devefinalmente colocar ações à venda na bolsa de valores em 2004. Oconglomerado italiano planejava uma Initial Public Offering(IPO) desde 2001, mas o declínio nas vendas desta grife de acessórios, degenerado pelosatentados terroristas de 11 de setembro de 2001 colocaram oprojeto na geladeira. De acordo com o presidente da emprea,Patrizio Bertelli, o dinheiro levantado vai servir parafinanciar "aquisições e desenvolvimento". Nos últimos tempos,a Prada comprou empresas como Jil Sander, Helmut Lang e a marcade sapatos Church. Bertelli, que é casado com a estilistaMiuccia Prada, garante que a marca está em "boa formafinanceira".

Agencia Estado,

28 de fevereiro de 2003 | 17h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.