Fotos Daniel Dal Zennaro/EFE
Fotos Daniel Dal Zennaro/EFE

Prada sugere retorno à simplicidade em Milão

Na temporada masculina de desfiles do verão 2019, marca mira uma volta ao básico, aos anos 1960 e 70

Sergio Amaral, ESPECIAL PARA O ESTADO

18 Junho 2018 | 06h00

MILÃO - Numa temporada em que a mistura de roupas esportivas com clássicos da alfaiataria vem dando o tom de boa parte do que as marcas de luxo mostram na passarela, a Prada propõe um olhar simples, mas nada simplório, sobre a elegância do próximo verão. 

+++ Na temporada de moda, marcas de luxo se engajam em causas sociais

O mesmo tipo de simplicidade dos pufes transparentes (desenhados pelo dinamarquês Verner Panton nos anos 1960 e reeditados especialmente para a apresentação da grife) sobre os quais se sentaram os convidados: descomplicados, confortáveis e, claro, elegantes.

+++ Prada e Gucci são destaques na Semana de Moda de Milão

As referências dos anos 1960 e 1970 dão o tom da apresentação, uma coisa que se evidencia na silhueta de linhas retas próximas ao corpo, nas padronagens geométricas e florais (que pareciam tiradas de papéis de parede, gravatas e cortinas), na cartela generosa de cores (sóbrias, como marrons e marinho, e vibrantes, como amarelo, verde e rosa) e também nas estampas psicodélicas.

+++ Desfile na Semana de Moda de Milão traz filhotes de cachorro para a passarela

Na passarela surgem calças alongadas com cintos coordenados nos seus mesmos materiais e cores (pense na praticidade disso), jeans clarinhos, blazers e casacos em camurça (daqueles que você pode combinar com quase qualquer peça do guarda-roupa), suéteres listrados (outro coringa), pólos de tricô. Pontuando esses novos básicos, uma mistura de shorts curtíssimos, camisas com pequenos babados no entorno do abotoamento usadas sobre blusas de gola rolê, bolsas pequenas e delicadas com motivos náuticos e oceânicos, como baleias, barcos a vela e cavalos-marinhos.

+++ Desfiles da Semana de Moda de Milão fogem da mesmice

A temporada masculina do verão 2019 termina nesta terça em Milão, e continua até o próximo domingo em Paris, com desfiles de Louis Vuitton e Dior Homme, que marcam a estreia de uma nova geração de estilistas à frente de seus comandos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.