Posh e Becks, a "nova realeza" britânica

Três anos depois da morte da princesa Diana, a imprensa fofoqueira inglesa escolhe um novo alvo. O casal número um do país atualmente é formado por Victoria Adams, a Posh Spice, e o jogador da seleção inglesa David Beckham. Eles vêm sendo alvo de paparazzi e têm sua intimidade revelada em um recém-lançado livro chamado Posh & Becks, escrito por Andrew Morton, autor da biografia da princesa Diana e do livro de Monica Lewinsky. O casal divide opiniões na Inglaterra e é acusado de armar um esquema de auto-promoção que incluiria acordos com fotógrafos.Chamados pelos tablóides de "o rei e a rainha da cultura pop" e "a nova realeza", Posh e Becks são a obsessão do momento no país principalmente por seus dramas pessoais. A cantora teve problemas de saúde, por conta da apertada agenda de promoção de seu disco-solo, enquanto o jogador teve problemas com a justiça, por ter dirigido em alta velocidade e agredido um fotógrafo. O casal também tem tido problemas para tentar manter a privacidade do filho deles, Brooklyn, de menos de um ano.A união da Posh Spice com David Beckham era o que faltava para a imprensa britânica. Bem-sucedidos, bonitos e ricos, eles viveram um conto de fadas, desde que se conheceram, logo que as Spice Girls começaram a estourar, em 1997. No livro de Morton, ela confessa que ficou atraída pelo fato de ele ser famoso: "Vi que era a minha chance de gostar de alguém igual a mim." A atração mútua é analisada por psicólogos na publicação.O livro, que chegou às lojas esta semana, foi escrito com a permissão dos dois, que exigiram uma série de cortes quando viram a primeira versão. Morton conseguiu manter bastante de suas considerações sobre o casal, mas sem fazer grandes revelações.Posh & Becks levanta a relação de amor e ódio deles com a mídia, insinuando que eles teriam feito acordos com os fotógrafos Jason Fraser, "o homem que fez a princesa Diana chorar", e Chris Neill, um dos mais temidos do país. Eles teriam armado situações para fotografias "casuais" com os papparazzi em troca de parte do lucro da venda das imagens.O livro revela também um pouco da intimidade dos dois. De acordo com Morton, Beckham gosta de provocar Victoria dizendo que ele é um ícone gay. "É de mim que eles gostam", diz ele com freqüência para a cantora, em tom de brincadeira. Também está retratado lá o esforço que ela vem fazendo para ser reconhecida longe das Spice Girls, como a turnê de 12 mil quilômetros que ela fez pela Inglaterra recentemente para assinar discos em lojas. Quem não está feliz com o sucesso de Posh e Becks é a família da princesa Diana. "Há uma grande diferença entre ser uma personalidade do showbiz e uma princesa", disse a mãe de Diana, Frances Shand Kydd, que diz estar "ofendida" e "machucada" com as comparações. Com o lançamento do novo disco das Spice Girls em novembro, a obsessão dos ingleses com o "casal real" tem tudo para aumentar ainda mais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.