Porta-voz de Michael Jackson desmente transplante

Um porta-voz de Michael Jackson divulgou um comunicado negando uma reportagem segundo a qual o artista precisaria passar por um transplante de pulmão devido a uma rara doença respiratória. É uma ?fabricação total?, disse a nota. A reportagem afirmou anteontem: ?Jackson necessita de um transplante de pulmão?, embora ?talvez esteja frágil demais para se submeter à operação.?O comunicado, atribuído ao ?único e oficial porta-voz de Michael Jackson, sr. Tohme Tohme?, cita uma entrevista com o escritor Ian Halperin, publicada nos jornais britânicos The Sun e Sunday Express. Nela, Halperin disse que Jackson sofria da deficiência de Alfa-1-antitripsina. Halperin, que escreve uma biografia não-autorizada do cantor, também disse que o artista mal pode falar, tem enfisema e hemorragias internas, além de ter perdido 95% da visão no olho esquerdo.?A respeito das alegações do autor, esperamos que, no futuro, a mídia legítima não continue a explorar uma tentativa tão óbvia de promover essa ?biografia não-autorizada??, disse o comunicado atribuído a Tohme. Apesar de Jackson, de 50 anos, negar os rumores, o irmão do astro pop Jermaine confirmou anteontem que ele não passa por um bom momento. ?Ele não está muito bem agora. Essa não é uma boa hora?. Além da afirmação de Jermaine, Jackson já foi fotografado sendo empurrado em uma cadeira de rodas em julho deste ano. As informações são do Jornal da Tarde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.