Por novelas, Record encurta jornal

Um mês após lançar o novo Jornal da Record, o canal de Edir Macedo comemora a duplicação de sua audiência para 10 pontos de média no Ibope. Mas o noticiário caminha a reboque das novelas da casa e da concorrência.A Record tem esticado Prova de Amor diante do Jornal Nacional, da Rede Globo, e tem evitado o choque do seu noticiário com a avassaladora Belíssima. Ou seja, o Jornal da Record é hoje mais curto que qualquer similar seu em outro canal.E, a partir de segunda-feira, quando estrear a novela Cidadão Brasileiro, de Lauro César Muniz, o Jornal da Record corre o risco de ser ainda mais espremido. Cidadão terá de entrar no ar enquanto o JN ainda estiver na tela da Globo. Depois que Belíssima começa, não há cidadão disposto a trocar de canal.A Globo aposta na sua próxima novela das 7, Cobras e Lagartos, de João Emanuel Carneiro, para sanar o crescimento da Record no horário.A ordem é retomar a linha convencional do folhetim. O que não se pode é creditar o insucesso de Bang Bang aos seus experimentos. A novela teve uma série de problemas, mas ousar é sempre saudável. E, se a Globo não inventar, em breve não haverá como distinguir um canal do outro.

Agencia Estado,

07 de março de 2006 | 11h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.