Popularidade de Harry Potter ameaça corujas

A popularidade do herói criado pela escritora inglesa J.K. Rowlling, o menino bruxo Harry Potter, que tem uma coruja como mascote, disparou a demanda desses animais no Reino Unido. Os especialistas expressaram sua preocupação com essa moda porque as corujas, cujo preço oscila entre 45 e 60 euros, têm expectativa de vida passa dos 30 anos e correm perigo quando postas em liberdade. O que acontece, freqüentemente, é que os donos se cansam das aves e as soltam, pensando que elas terão uma vida melhor. Mas, essa é uma prática ilegal, já que as possibilidades de uma coruja liberta sobreviver são muito pequenas.

Agencia Estado,

05 de janeiro de 2005 | 13h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.