POLLOCK E DERAIN VÃO A LEILÃO

Um retrato da mulher de Henri Matisse, obra de Andre Derain, e um trabalho de Jackson Pollock estão à venda por pelo menos US$ 20 milhões cada um nos leilões de primavera de Nova York. A Christie's oferecerá Madame Matisse, pintura a óleo de 1905, no leitão de arte moderna e impressionismo, dia 8 de maio. Já a Sotheby's terá como destaque The Blue Unconsious, que Pollock fez em 1946, com a expectativa de arrecadar US$ 30 milhões. A obra do norte-americano não é negociada há 50 anos, período em que ficou com um colecionador. O recorde para um trabalho de Pollock foi Number 4, 1951, vendida por US$ 40 milhões. / REUTERS

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.