Jacques Brinon/AP - Arquivo
Jacques Brinon/AP - Arquivo

Polícia leva estilista John Galliano para casa após bebedeira

Designer da Dior é acusado de proferir ofensas anti-semitas contra casal em restaurante

Reuters Life!

25 de fevereiro de 2011 | 09h17

A polícia francesa acompanhou o estilista John Galliano até sua casa na noite de quinta-feira depois que o astro da Dior, bêbado após uma saída de um bar, entrou em uma discussão e xingou um casal, disseram fontes da polícia. Ele é acusado de proferir ofensas anti-semitas.

Galliano estava bebendo em um bar chique no distrito do Marais, em Paris, antes da briga. A polícia de Paris levou o estilista britânico de volta para a delegacia para um teste de bafômetro e descobriu que ele estava um pouco acima do limite legal de ingestão de álcool.

A polícia então acompanhou Galliano de volta a sua casa, sem apresentar nenhuma acusação formal. Um policial disse que a discussão foi causada pelo estresse antes da semana de moda, que começa na próxima segunda-feira, na qual o desfile da Dior é sempre centro de atenções.

A assessoria de Galliano não estava disponível para comentar o fato e a Dior não se pronunciou.

(Reportagem de Nicolas Boutin)

Tudo o que sabemos sobre:
Joh Gallianomodacelebridades

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.