AP Photo/Lionel Cironneau, File
AP Photo/Lionel Cironneau, File

Polícia francesa prende 16 suspeitos de roubar joias de Kim Kardashian em Paris

Relatos da mídia local dizem que a polícia encontrou os suspeitos usando amostras de DNA encontradas na residência; caso ocorreu em outubro de 2016

AP

09 Janeiro 2017 | 08h42

PARIS - A polícia francesa prendeu 16 pessoas nesta segunda-feira, 9, envolvidas no roubo de mais de US$ 10 milhões em joias, em outubro de 2016, de Kim Kardashian West.

Representantes da polícia de Paris disseram que as prisões foram feitas na manhã desta segunda, horário local. Os suspeitos podem ficar presos por até 96 horas antes que as autoridades prestem queixas formais contra eles.

No dia 3 de outubro, ladrões foraçaram a entrada na casa residencial em Paris que Kardashian estava hospedada, amarraram-na, a trancaram num banheiro e a colocaram sob a mira de uma arma antes de fugir com as joias. A estrela de reality na TV estava em Paris para uma série de eventos de moda.

Relatos da mídia local dizem que a polícia encontrou os suspeitos usando amostras de DNA encontradas na residência. 

Mais conteúdo sobre:
DNAKim Kardashian

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.