Polícia dos EUA investiga se Lindsay Lohan roubou joia

Polícia dos EUA investiga se Lindsay Lohan roubou joia

Atriz está sob condicional e pode voltar para a cadeia se o crime for confirmado

Associated Press

02 de fevereiro de 2011 | 17h01

Lindsay Lohan volta aos holofotes de novo pelas razões erradas. A Polícia fez uma busca com mandato na terça-feira, 1º, para procurar um colar na casa da atriz perto da Praia de Venice (Califórnia - EUA), local frequentado por performers, turistas e esportistas.

 

Mas antes que os detetives pudessem executar o mandato, alguém - a polícia não disse quem - devolveu o colar.

 

Agora Lohan, que continua em condicional por dirigir bêbada em 2007, está sendo investigada por possível roubo, disse o oficial de polícia Bruce Borihanh nesta quarta-feira, 2.

 

Um e-mail enviado para a advogada de Lohan, Shawn Chapman Holley, não foi imediatamente respondido.

 

A loja de Venice reportou que o colar foi roubado em 22 de janeiro, três semanas após a atriz de Meninas Malvadas ser liberada de três meses de reabilitação. Lohan acabou indo para outro programa de tratamento, depois dela admitir falha em um teste de drogas.

 

O caso do roubo do colar é o segundo investigado pela polícia e pode fazer a atriz da Disney voltar para a cadeia se o julgamento determinar que ela violou a condicional.

Tudo o que sabemos sobre:
Linday Lohanroubo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.