Polêmica tira talk-show do ar nos EUA

Depois de ver seu talk-show político ser retirado do ar abruptamente na segunda-feira, o âncora americano Phil Donahue fez hoje acusações à rede MSNBC. Ele apresentava o programa Donahue, que estreou em julho do ano passado mas não conseguiu índices de audiência satisfatórios, segundo a emissora. Para Phil Donahue, entretanto, o motivo de sua demissão foi que a MSNBC estaria planejando uma guinada conservadora em suas opiniões sobre os planos de guerra dos Estados Unidos contra o Iraque. Donahue divulgou hoje um comunicado em que acusa sua ex-emissora de tentar imitar a linha editorial conservadora do Fox News para competir com ela pela liderança. ?Levou quase três anos para a Fox passar a CNN. Nós tivemos seis meses?, disse ele em seu comunicado. O âncora afirmou que pretendia, com seu programa, ?brigar com os barulhentos tambores de guerra da TV a cabo?. Para cumprir com esta tarefa, sua intenção seria dar espaços iguais às opiniões pró e contra a guerra. Donahue notou que seu ex-canal, a MSNBC, recentemente contratou o comentarista conservador Mike Savage e dois políticos já aposentados, Dick Armey e Joe Scarborough, como colaboradores. Isso, segundo ele, sinalizaria uma guinada conservadora na linha editorial, cuja intenção seria retirar da Fox o posto de liderança da audiência. A MSNBC negou todas as acusações de Donahue. Mas o website www.allyourtv.com publicou hoje um comentário assinado por um certo Rick Ellis que denuncia a existência de um documento interno da emissora que descreve o ex-âncora como ?um liberal de esquerda, cansado e sem contato com as atuais tendências de mercado?. O documento supostamente diz que Donahue trazia uma dificuldade para a emissora na atual situação de guerra iminente. E que o programa dele seria ?uma casa para a agenda liberal anti-guerra, ao mesmo tempo que nossos competidores estão levantando a bandeira a cada oportunidade?. Porta-vozes da MSNBC também negaram a existência deste documento. Por esta razão, não quiseram fazer comentários a respeito. O programa Donahue apresentará reprises até o fim da semana, quando seu substituto entrará no ar. O talk-show será trocado por versões maiores de Countdown: Iraq, um programa de notícias sobre a preparação do exército americano para a guerra no Iraque.

Agencia Estado,

26 de fevereiro de 2003 | 20h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.