Poeta espanhol Antonio Gamoneda recebe Prêmio Cervantes

O poeta espanhol Antonio Gamoneda receberá na segunda-feira das mãos do rei Juan Carlos o Prêmio Cervantes 2006, considerado o prêmio máximo das letras em língua castelhana.A entrega do prêmio, que é acompanhado de um pouco mais de 90 mil euros (R$ 210 mil), será feita em um ato tradicional com o qual se marca a morte do autor de Dom Quixote. A cerimônia é realizada no auditório da Universidade de Alcalá de Henares, a cidade em que Miguel de Cervantes nasceu.A escolha de Gamoneda para receber a distinção foi anunciada em novembro passado, quando foi destacada sua contribuição decisiva para o patrimônio cultural hispânico. O romancista e ensaísta mexicano Sergio Pitol, que integra o júri do Prêmio Cervantes deste ano, dará um depoimento sobre o poeta.Seu primeiro livro de poemas foi Sublevación Inmóvil (1966), ao qual se seguiram Descripción de La Mentira (1977), Blues Castellano (1982), Lápidas (1982) e Edad (1987), que lhe valeu o Prêmio Nacional de Poesia em 1988.O Prêmio Cervantes, concedido a autores pelo conjunto de sua obra, foi entregue pela primeira vez em 1976 ao poeta Jorge Guillén e já teve até agora 27 ganhadores - o prêmio de 1979 foi dividido entre o argentino Jorge Luis Borges e o espanhol Gerardo Diego.Entre os ganhadores do prêmio máximo da literatura em espanhol estão o colombiano Alvaro Mutis, o chileno Jorge Edwards, o cubano Guillermo Cabrera Infante, o peruano Mario Vargas Llosa e os espanhóis Francisco Umbral, José Hierro, Camilo José Cela, Francisco Ayala e Miguel Delibes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.