Poeta cubano vence Prêmio Juan Rulfo

O poeta, escritor e ensaísta cubano Cintio Vitier recebeu hoje o prêmio Juan Rulfo, uma das premiações literárias mais importantes da América Latina, na cerimônia de abertura da 16.ª Feira Internacional do Livro de Guadalajara, no México. O escritor dedicou o prêmio à memória do poeta cubano Eliseo Diego.A feira conta com a participação de 600 artistas e escritores cubanos que compõem a maior delegação que já saiu da ilha para um evento cultural. O Prêmio Juan Rulfo começou a ser entregue em 1991 e foi concedido a autores como Juan José Arreola, Nélida Piñón, Augusto Monterroso, Sergio Pitol, entre otros.Com Eliseo Diego, Lezama Lima e outros escritores cubanos, Cintio Vitier formou o Grupo Orígenes, um dos mais importantes de Cuba. Vitier publicou seu primeiro livro de poemas aos 17 anos. Entre suas obras mais importantes neste gênero estão Nupcias(1993), Vísperas (1953), Testimonios (1968) e Antología Poética (1993).Como prosador é autor de De Peña Pobre (1980), como crítico e ensaísta,Crítica Sucesiva (1971), La Crítica Literaria yEstética del Siglo XIX Cubano, entre otros.Em seu discurso, Vitier agradeceu ao escritor mexicano Juan Rulfo: "Obrigado a Juan Rulfo pelo reino invisível de Comala, por converter a morte em palavra viva para nós e por seu profundo desejo de justiça universal", comentou o poeta cubano de 81 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.