Reprodução
Reprodução

'Playboy' leiloará parte de sua coleção de obras de arte

Revista disponibilizará nos Estados Unidos 125 pinturas de sua coleção

Efe,

07 de dezembro de 2010 | 21h56

NOVA YORK - A revista Playboy, que há mais de 50 anos expõe ao público fotos das mulheres mais desejadas do mundo, irá leiloar nesta quarta-feira em Nova York 125 pinturas de sua coleção, assim como fotografias de celebridades sem roupa.

O evento, que será realizado na sede nova-iorquina da casa de leilões Christie's, tem o nome de The Year of the Rabbit (O Ano do Coelho).

Entre as peças de destaque do leilão, está a famosa pintura Playmate, elaborada em 1966 pelo espanhol Salvador Dalí (1904-1989) a pedido da revista - fundada por Hugh Hefner em 1953.

A obra foi incluída na edição de janeiro de 1967 da publicação e estava pendurada até pouco tempo atrás no quarto de Hefner, na conhecida Mansão Playboy, em Beverly Hills, Califórnia.

Essa pintura está avaliada entre US$ 100 mil e US$ 150 mil.

Outro dos atrativos para os fãs da revista serão as numerosas fotografias protagonizadas por Marilyn Monroe, a icônica atriz cinematográfica que ocupou a primeira capa da Playboy, avaliadas entre US$ 10 mil e US$ 30 mil.

Ao todo, serão leiloadas 80 fotografias.

Também não faltam nus de algumas das mulheres mais desejadas das últimas décadas, como as midiáticas Pamela Anderson e Anna Nicole Smith e as top models Cindy Crawford e Elle MacPherson.

Além de nomes famosos, a Playboy aposta também na obra Mouth 8 (1966) do pintor americano Tom Wesselmann (1931-2004), integrante do movimento Pop Art e conhecido por seus impactantes nus femininos.

Os sedutores lábios vermelhos da Mouth 8 partem com o preço previsto mais alto do leilão, entre US$ 2 milhões e 3 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
PlayboyEstados Unidosleilão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.