Pitbull assina música-tema de 'Homens de Preto 3'

À primeira vista, ele parece um cantor romântico. O terno bem ajustado, os olhos azuis, um cavanhaque invocadinho, pele branca e o corpo franzino não dão pistas de que se trata de alguém que atende por Pitbull. Ou por um rapper, sem as costumeiras correntes pesadas. Mas é na base do remix e da dance music que o artista de 31 anos, nascido em Miami (EUA) e filho de imigrantes cubanos, vem conseguindo desfrutar das benesses de parcerias com a elite do pop.

AE, Agência Estado

08 de maio de 2012 | 11h01

Shakira, Jennifer Lopez, Usher, Chris Brown, Ne-Yo e Enrique Iglesias são alguns dos artistas a incluir, em seus hits dançantes, os remixes do rapper. E, assim, promover Armando Christian Pérez, hoje Pitbull, alçando-o à condição de um dos nomes mais bombados nas pistas de dança mundo afora. Agora, ele quer cair na balada em Hollywood. Depois de participar das trilhas sonoras de "Velozes e Furiosos 4" (2009) e "Noite de Ano Novo" (2011), o cantor substitui Will Smith na música-tema do novo "Homens de Preto 3", que estreia este mês, com "Back in Time".

E pensar que tudo começou com uma sugestão da filha adolescente do diretor do filme, Barry Sonnenfeld, fã de Pitbull. Dali veio "Back in Time", seu mais novo remix, de um clássico dos anos 50, "Love is Strange", de Mickey & Sylvia.

Na prática, você deve tê-lo conhecido já há algum tempo: em 2009, quando lançou "I Know You Want Me", com direito a clipe com popozudas brasileiras, que vendeu mais de 2,5 milhões de cópias só nos EUA e teve visualizações no YouTube para além de 200 milhões. Dois anos depois, com seu sexto álbum, "Planet Pit" (2011), saiu em turnê internacional e, apoiado por uma seleção de faixas grifadas, foi marcando território.

"Rabiosa", música de Shakira, teve participação dele na versão em inglês, e mais de 3 milhões de acessos no YouTube somente nas primeiras 24 horas após o lançamento. "On The Floor", releitura eletrônica da lambada "Chorando Se Foi", do grupo Kaoma, com Jennifer Lopez (do recente álbum da cantora, "Love?"), obteve 128 milhões de visualizações no site, superando uma marca que era de Lady Gaga como a música mais buscada.

Se Pitbull escolhe a dedo com quem vai se enturmar, o olhar aguçado para o que gruda nos ouvidos o fez tirar bom proveito de sua passagem pelo Brasil. Em janeiro, durante seu show no Recife, ele levou para o palco outro hitmaker, o sertanejo Michel Teló. Era a aproximação necessária para dar início à sua nova empreitada. É de Pitbull a versão remixada de "Ai Se Eu Te Pego", com trechos de Teló, em português, e dele, em inglês. As informações são do Jornal da Tarde.

Tudo o que sabemos sobre:
músicaPitbull

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.