Piracicaba expõe o humor dos universitários

Ele é o irmãozinho do Salão Internacional de Humor de Piracicaba, mas revela talentos que nada têm de menores. Começa na sexta-feira, 22, o 9.º Salão Universitário Latino-Americano de Humor de Piracicaba, que dessa vez reúne mais de 400 trabalhos inscritos e homenageia a Luis Fernando Verissimo.Criado pela Universidade Metodista de Piracicaba e voltado à produção de universitários, o salão já revelou nomes como o da paranaense Priscyla Vieira, que hoje produz, entre outros trabalhos, vinhetas para a Rede Globo; o gaúcho Rodrigo Rosa, hoje chargista do jornal Zero Hora, e o mineiro Paulo Barbosa, que recentemente lançou o livro Frangus et Circensis. Os trabalhos dividem-se em quatro categorias: cartum, charge, caricatura e história em quadrinhos. Eles são avaliados por um júride veteranos no meio, como Paulo Caruso, Angeli, Fernando Gonsales e Ziraldo. São dele o desenho do material promocional e o cartaz do salão, um palhaço equilibrando no nariz a faixa do evento. A premiação deste ano fica em R$ 6 mil, sendo quatro prêmios de R$ 1 mil para os primeiros lugares de cada categoria e outros quatro prêmios de R$ 500 para os segundos lugares. O coordenador do salão, professor Camilo Riani, afirma que a cada ano, o evento se consolida com uma vitrine para os estudantes. "Recebemos trabalhos do México, Argentina, Chile... a idéia é não só revelar estes talentos, mas também acompanhar suas carreiras. A Priscyla, por exemplo, que venceu por três vezes o salão, participa desta vez como jurada". A abertura e a premiação do salão vão acontecerno dia 22. O homenageado, Verissimo, já confirmou presença.Salão Universitário Latino-Americano de Humor de Piracicaba - Campus Taquaral da Unimep (Rodovia do Açúcar, km 156, tel.: 430-1610, Piracicaba). Abertura e premiação dia 22.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.