Pinturas da coleção da atriz Demi Moore serão leiloadas

LOS ANGELES (Reuters Life!) - A atriz Demi Moore está revelando um novo lado de sua personalidade, o de amante das artes, com o anúncio de planos para vender em novembro duas telas europeias do século 19 de sua coleção, que podem ser arrematadas por cerca de 1,7 milhão de dólares.

REUTERS

13 de outubro de 2010 | 12h25

A casa de leilões Sotheby's disse que duas pinturas da coleção de Moore, do artista francês William Bouguereau e do belga Alfred Stevens, serão incluídas em um leilão de arte europeia do século 19 que terá lugar em Nova York em 4 de novembro.

"Bouguereau me agrada muito pessoalmente, e eu optei por conservar uma tela menor dele para me acompanhar ao longo dos anos", disse em comunicado a atriz, de 47 anos.

"Gosto muito de seus temas mitológicos, temas clássicos e estilo realístico-fotográfico. Há uma serenidade, uma gentileza, especialmente nos retratos que ele faz de mulheres, combinadas com uma força incrível, que me inspiram."

Demi Moore, que é casada com o ator Ashton Kutcher, disse que possui essas duas pinturas há 15 anos, tendo comprado as telas em leilões por 178.500 e 200.500 dólares, mas que decidiu que é hora de mudar, no momento em que sua casa está sendo reformada.

"Frère et Soeur" (Irmão e Irmã), de Bouguereau, foi inspirado nas viagens do artista pela Itália, depois de receber o Prêmio de Roma, em 1850, e a estimativa é que seja vendido por mais de 1 a 1,5 milhão de dólares.

"Mère et ses Enfants" (Mãe e seus filhos), de Stevens, é uma variação sobre uma pintura intitulada "A Viúva e seus Filhos" que o artista fez sob encomenda para o governo belga. A expectativa é que seja arrematado por entre 150 mil e 200 mil dólares.

As telas farão parte de um leilão marcado para 4 de novembro no qual serão oferecidas 82 obras com estimativa total prévia de entre 20 e 30 milhões de dólares.

(Reportagem de Belinda Goldsmith)

Tudo o que sabemos sobre:
ARTEDEMIMOORELEILAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.