Pinturas atribuídas a Hitler vão a leilão em março

Um total de 21 aquarelas e rascunhos atribuídos a Adolf Hitler (1889-1945) será leiloado em março na casa Jefferys em Lostwithiel, no sul da Inglaterra. As obras foram pintadas por Hitler entre 1916 e 1918, durante sua participação como cabo na I Primeira Guerra Mundial (1914-1918).A casa de leilões acha que a melhor oferta pode chegar a 145 mil euros (US$ 178 mil) pela coleção, guardada durante quase 70 anos na Bélgica, na cobertura de uma casa próxima à fronteira com a França, onde o líder nazista esteve durante a guerra.O chefe do III Reich alemão "não foi um grande artista, mas o interesse é mais no homem que nas pinturas", disse o diretor da Jefferys, Ian Morris.As aquarelas, a maioria delas assinadas por Hitler, mostram paisagens serenas que sugerem a autoria de um artista jovem e ingênuo, já que não retratam o conflito que assolava a Europa.Nos últimos 60 anos, as pinturas de Hitler foram vendidas ocasionalmente em casas de leilão modestas, já que as grandes empresas do setor se negavam a oferecer obras do ditador.Quando era criança, Hitler mostrou certo talento artístico e quis entrar para a Academia de Artes de Viena, mas fracassou em sua tentativa, o que não foi empecilho para que ganhasse a vida durante algum tempo com a venda de suas pinturas. As informações são do jornal The Sunday Telegraph.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.