Garoto tropeça e danifica quadro de um milhão de dólares em Taiwan; veja

Pintura do século 17 foi restaurada depois que tropeção de menino abriu buraco na tela

REUTERS

25 de agosto de 2015 | 11h23

Um quadro de milhões de dólares, uma obra-prima de um artista italiano do século 17, voltou a ser exibido na capital de Taiwan nesta terça-feira, 25, depois de ser restaurada porque um menino de 12 anos tropeçou, caiu e fez um buraco na tela, disse o organizador da exposição.

Flores, do mestre italiano Paolo Porpora, é parte de uma exposição em Taipé de obras de arte pintadas ou influenciadas por Leonardo da Vinci, de acordo com o principal organizador, David Sun.

"Foi um acidente tão raro", disse Sun. "O menino estava ouvindo o guia e não estava olhando para onde ia. Tropeçou e abriu um buraco na obra de arte."

Sun disse que o menino e sua família expressaram sincero pesar e não vão ser alvo de nenhuma punição. "Tínhamos um especialista italiano por perto e imediatamente contatamos o colecionador", disse Sun. "Decidimos reparar a pintura imediatamente no local e ela já está de volta à mostra.”

Mais conteúdo sobre:
TaiwanPaolo Porpora

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.