Pintura de Rockwell bate recorde em leilão

Rosie, a Metalúrgica, pintura de Norman Rockwell de 1942, foi vendida nesta quarta-feira por quase US$ 5 milhões, um preço recorde para o artista. É uma obra-símbolo das mulheres americanas quando, durante os anos 40, elas tiveram de fazer trabalhos pesados porque os homens estavam lutando na 2.ª Guerra Mundial.A pintura foi adquirida por telefone durante leilão da Sotheby´s por US$ 4.959.500. Uma galeria de Aspen (Colorado) a comprou, representando um grupo financeiro de Dallas (Texas).A Sotheby`s havia calculado o valor de Rosie entre US$ 3 milhões e US$ 5 milhões. O recorde precedente para uma obra de Rockwell foi de US$ 937.500, pagos em maio de 1996 para O Relojoeiro. Rockwell ganhou fama entre os anos 30 e 50 como o retratista da face mais típica e gentil dos Estados Unidos, graças a suas ilustrações para a revista Saturday Evening Post. Rosie foi publicada na edição de 23 de maio de 1942 da publicação. No ano seguinte, a Saturday Evening Post doou a pintura a um fundo de contribuições do Departamento do Tesouro, que a utilizou para promover a venda de bônus da vitória, de apoio à campanha americana na 2.ª Guerra.Rosie representa a fortaleza feminina: a figura, vestida num avental de operária, está sentado durante o intervalo do almoço, com um sanduíche na mão e uma ferramenta no colo, a bandeira americana ao fundo e o livro Mein Kampf, de Adolf Hitler, sob os pés.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.