Pintura bate recorde de venda em leilão para um artista vivo

Obra 'Abstraktes Bild (809-4)' pertencia à coleção do guitarrista Eric Clapton

Reuters

13 Outubro 2012 | 12h53

Uma pintura abstrata do pintor alemão Gerhard Richter estabeleceu um novo recorde de preço pago em um leilão pela obra de um artista vivo, após ser vendida por 34,2 milhões de dólares, afirmou a casa de leilões Sotheby's de Londres.

A obra "Abstraktes Bild (809-4)", ou "imagem abstrata" (em tradução livre), da coleção do guitarrista Eric Clapton, foi vendida para um comprador anônimo depois de cinco minutos de ofertas na noite da sexta-feira, provocando uma salva de palmas.

A venda bateu o recorde anterior de 28,6 milhões pagos pelo quadro "Flag" ("bandeira", em tradução livre), de Jasper Johns, na casa de leilões Christie's em Nova York, em 2010.

Estimava-se que a tela vermelha, amarela e preta de Richter alcançaria entre 14 e 19 milhões de dólares.

Pintura Abstraktes Bild

 

"A combinação entre proveniência extraordinária e padrão de qualidade nesta obra sublime deste importante artista foi responsável por um momento histórico nos leilões", avaliou o diretor sênior e chefe de vendas da Sotheby's, Alex Branczik.

(Reportagem de Mohammed Abbas)

Mais conteúdo sobre:
ARTERECORDELEILAORICHTER

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.