Pinacoteca Municipal expõe suas novidades

Para mostrar muitas das novas aquisições do acervo da Pinacoteca Municipal, o Centro Cultural São Paulo, que abriga a coleção, inaugura hoje à noite a exposição Arte Contemporânea no Acervo Municipal, com 95 trabalhos. A mostra reúne as obras adquiridas nos últimos anos por meio de doações de artistas e dos prêmios aquisição do Programa Anual de Exposições da instituição.Com o uso de painéis, os trabalhos ficam dispostos paralelamente, lado a lado, não importando suas datas. Por exemplo, duas pinturas de Cassio Michalany, formadas por áreas perfeitamente lisas e monocromáticas, conversam com as do novato Diego Belda, que faz, em um de seus trabalhos, uma faixa lisa com o uso de feltro. E assim por diante esculturas, desenhos, objetos vão formando conjuntos. No subsolo do Centro Cultural São Paulo fica instalada a reserva técnica onde as obras ficam guardadas. No total, a coleção reúne mais de 2.400 obras, mas nem todas estão no local - algumas ficam no gabinete da Prefeitura, por exemplo, ou espalhadas por bibliotecas e outras instituições municipais. O acervo da Pinacoteca Municipal começou a ser organizado na década de 40 por Sérgio Milliet. Mas, durante anos, as atividades em torno da coleção ficaram paradas e somente a partir da década de 90 foram retomadas - principalmente a partir de uma doação feita pelo galerista Paulo Figueiredo. Daí em diante, os próprios artistas começaram a doar seus trabalhos. E, também, a partir de 2002, por meio dos prêmios aquisição do Programa de Exposições do CCSP, a coleção recebeu obras de Tiago Bortolozzo, Tatiana Blass e Fabiano Marques, por exemplo. Pode-se dizer que nos últimos quatro anos, o acervo ganhou mais de 200 obras. A tendência é aumentar ainda mais as atividades em torno da coleção - no dia 24 de novembro, será inaugurado o Gabinete de Papel com as obras do gênero presentes no acervo. Arte Contemporânea no Acervo Municipal - Centro Cultural São Paulo. Rua Vergueiro, 1.000, 3277-3611. Das 10 horas às 20 horas (sábado e domingo das 10 horas às 18 horas). Grátis. Até 5/12. Abre hoje, às 19 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.