Pianista estreia recital dedicado a Schumann e Chopin

Com Chopin e Schumann a tiracolo, o pianista Caio Pagano abre hoje no Cultura Artística Itaim, em São Paulo, uma nova série de música de câmara dedicada a homenagear os dois compositores - e estabelecer laços entre eles e a música brasileira. Até o fim do ano, serão sete apresentações, reunindo diversos artistas e formações.

AE, Agência Estado

04 de agosto de 2010 | 10h04

O recital de Pagano, que completa 70 anos em 2010, tem, além de Manquinha, de Villa-Lobos, a Sonata nº 3 de Chopin e as Cenas Infantis de Schumann como eixo principal. No ano em que se lembram os duzentos anos de nascimento dos dois compositores, como Pagano vê o universo musical criado por eles? "Ainda que sejam contemporâneos, eu os vejo como figuras antagônicas, extremamente diferentes", diz o pianista.

"Chopin é um autor dedicado à experiência pianística, de onde surge toda sua criação. Schumann tem uma escrita mais pessoal e variada. Chopin é o compositor da epifania pianística, esteve sempre ligado a ela, nunca sofreu mudanças de inspiração, que partia do instrumento e nele chegava. Schumann sofre influências muito marcantes do meio, escreve para piano mas também faz sinfonias, canções."

Os demais recitais da série "Schumann, Chopin... e Brasil - Concertos de Câmara Promon 50 Anos" apostam mais diretamente na relação entre a obra de Schumann, Chopin e de compositores brasileiros. A curadoria é de Sergio Melardi e a jornalista Gioconda Bordon fará uma introdução antes de cada apresentação, conversando com o público e com os artistas.

Depois de Pagano, ainda em agosto, apresentam-se, no dia 18, o pianista Pablo Rossi e o violinista Emmanuele Baldini; em setembro, destaque para grupo formado pelo pianista Jean-Louis Steuermann, o violinista Pablo de León, o violoncelista Antonio Lauro del Claro e o trompista Luiz Garcia e para o duo de piano e voz composto por Gilberto Tinetti e Adriana Clis. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Caio Pagano - Cultura Artística Itaim (Av. Juscelino Kubitschek, 1.830). Tel. (011) 3258-3344. Hoje, às 21h. R$ 30.

Tudo o que sabemos sobre:
músicaSchumannChopin

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.