PF chega à casa do "Big Brother"

A Polícia Federal acaba de chegar aos estúdios do Projac, da Rede Globo, para notificar o participante do programa Big Brother Brasil Antônio Sérgio Tavares Campos de que ele terá oito dias para deixar o País. Sérgio, como é chamado no programa, é português e tinha visto temporário de trabalho no salão de beleza do grupo Estação do Corpo. Se não cumprir a determinação da PF e deixar espontaneamente o País, o cabeleireiro poderá ser deportado. Os advogados de Sérgio disseram que vão recorrer à Justiça para tentar mantê-lo no Brasil e no programa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.