Petrobras investirá R$ 110 mi em 113 projetos culturais

A Petrobras vai investir R$ 110 milhões nos próximos dois anos em 113 projetos beneficiados em seu programa cultural, anunciado hoje no Centro Cultural Waly Salomão, em Vigário Geral, zona norte do Rio de Janeiro. O programa recebeu a inscrição de 5,1 mil projetos e chegou aos 113 beneficiados por meio de uma comissão de seleção que inclui representantes da empresa, do governo, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e de outras entidades sociais.

NICOLA PAMPLONA, Agência Estado

25 de outubro de 2010 | 15h10

Na divisão regional, a região Nordeste tem o maior número de projetos beneficiados (40), seguida pelo Sudeste (31), pelo Sul (16) e pelo Norte (14). Dois projetos são de abrangência regional e dois de abrangência nacional.

Segundo o gerente de responsabilidade social da Petrobras, Luis Fernando Nery, o regulamento do programa estabelece que, nos Estados do semiárido, há um mínimo de dois projetos por Estado, por conta dos maiores índices de pobreza, mortalidade infantil e evasão escolar, dentre outros. Além disso, o Nordeste tem o maior número de Estados, lembrou Nery, o que se reflete em mais projetos na região.

A Petrobras assina ainda nova parceria com o grupo cultural Afroreggae, de Vigário Geral, para a realização de eventos regulares no espaço em frente ao centro cultural Waly Salomão, que deve ser transformado em palco oficial do Viradão Cultural do Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
culturaPetrobrasinvestimentoprojetos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.