Pesquisa sonda interesse do telespectador pela Copa

Nem todo mundo vai perder as noitesde sono para torcer pela Seleção. Dados de uma pesquisa recentemostram que apenas 39% dos brasileiros estão dispostos a ficaracordados para assistir aos jogos da Copa do Mundo. A turma queprefere o travesseiro é maior: 44% dos entrevistados pretendemdormir e saber o resultado dos jogos só no dia seguinte, poralgum noticiário esportivo de TV. Já 12% vão apelar para ainternet pela manhã, para se informarem sobre os jogos, e apenas6% querem gravar as partidas para assisti-las no dia seguinte.Dados mostram que a TV será o veículo de comunicação maisprocurado pelo público durante a Copa.O estudo foi realizado entre os dias 29 de abril e 16 demaio, pelo Instituto Qualibest, que comercializa seus estudospara o mercado publicitário. A pesquisa, que visa a mostrar como anda a disposição dobrasileiro para assistir à Copa de madrugada, vai matar um poucoda curiosidade dos anunciantes que investiram pesado no evento;cada cota de patrocínio da Copa na Globo custou R$ 35 milhões.O perfil dos entrevistados pelo Qualibest é oseguinte: 48% homens e 52% mulheres; 38% com curso superiorcompleto; 34% com superior incompleto; e 20% com ensino médio.As faixas etárias são as seguintes: 54% dos entrevistados têmentre 21 e 30 anos; 22% têm entre 31 e 40 anos; 13% têm até 20;e 10% têm mais de 40 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.