Pesquisa explora os hábitos culturais do brasileiro em 12 capitais

Leitura é atividade cultural mais comum, seguida de cinema, shows, festas populares e feiras de artesanato; estudo evidencia desigualdade no acesso aos produtos culturais

O Estado de S. Paulo

24 de julho de 2018 | 09h55

Uma nova pesquisa divulgada nesta terça-feira, 24, mostra que a leitura é a atividade cultural preferida de brasileiros em 12 capitais, seguida de ir ao cinema, shows de música, festas populares e feiras de artesanato. Bibiliotecas e espetáculos de danças ficam a frente de visitas a museus e teatros, e concertos de música erudita são a atividade menos frequentada na área.

A pesquisa Cultura nas Capitais, da JLeiva Cultura e Esporte e do Datafolha, entrevistou 10 mil pessoas nas 12 capitais mais populosas do Brasil, entre elas São Paulo, Rio, Brasília, Belo Horizonte e Salvador.

+ Um em cada quatro paulistanos não frequenta nenhuma atividade cultural na cidade

cinema

Cinema é a atividade externa preferida nas capitais, segundo a pesquisa. Foto: Robson Fernandjes/Estadão

68% dos entrevistados disseram ter lido ao menos uma obra literária no último ano — ao mesmo tempo, 15% não tiveram acesso a livro algum, evidenciando a desigualdade no acesso a produtos culturais. Quando o assunto é usar o tempo livre para ler livros, Salvador é capital onde mais pessoas fazem isso, de acordo com o novo levantamento: 72%.

O estudo aponta que 64% dos entrevistados afirmaram ter ido ao cinema nos últimos 12 meses. Entre os paulistanos, o número é 67%. A cidade mais cinéfila entre as pesquisadas é Porto Alegre, onde 70% da população diz ter frequentado um cinema.

Outro dado que chama a atenção é que 72% da população afirma frequentar apenas atividades gratuitas, ou mais gratuitas do que pagas. Em São Paulo, o número é de 75%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.