Performance vai reunir 100 mulheres nuas

Fechada em um estúdio da Vila Mariana cercada por quase 200 mulheres nuas, a artista plástica italiana Vanessa Beecroft deu ontem os primeiros passos para a criação da obra que apresenta na cidade nos dias 24 e 25 de março, pela programação da 25.ª Bienal de São Paulo. Vanessa, radicada em Nova York e um dos nomes mais prestigiados do cenário contemporâneo internacional, selecionou cerca de 100 das 200 mulheres que estavam no estúdio para fazer parte de VB 50, a sua 50ª performance, que será finalizada a partir de amanhã, quando ela volta aos Estados Unidos.Segundo o curador da sala dedicada à artista, Julian Zugazagoitia, os "quadros vivos" que ela apresenta "saúdam a dimensão escultural de suas modelos como também a ambientação arquitetônica de onde elas se exibem". Para performance brasileira, Vanessa coloca em foco os efeitos da miscigenação brasileira. A apresentação do dia 25 será filmada e fotografada, e o material será exibido ao longo da Bienal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.