Perdedora de "Survivor" quer processar emissora

O conselho tribal de Survivor pode não ser tão justo quanto a emissora CBS diz que é. Uma das competidoras da temporada passada da série entrou com uma ação na Justiça contra o produtor do programa. Em 14 páginas, a advogada Stacey Stillman alega que Mark Burnett, o criador do programa, convenceu dois participantes a votar nela para sair do show, em vez do militar aposentado Rudy Boesch, de 72 anos.Segundo ela, o produtor não queria que o último idoso do show fosse eliminado para que o programa não perdesse sua audiência acima de 50 anos. O processo também é contra a CBS, que nega a acusação. O produtor não deu nenhuma declaração até agora. Os "conspiradores" seriam Dirk Been e Sean Kenniff. Survivor, atualmente em sua segunda temporada, é o programa que inspirou No Limite, da Rede Globo, também em nova temporada.

Agencia Estado,

07 de fevereiro de 2001 | 13h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.