Peças do Brasil são destaque na Cartier

Entre 15 de maio e 30 de setembro, a Fondation Cartier pour l'Art Contemporain, de Paris, vai apresentar a mostra Show and Tell, com obras de 40 artistas de diversos países da chamada arte popular, mas que representam "frescor e invenção" contemporâneos, como define a curadora Leanne Sacramone. O diretor da Fundação Cartier, Hervè Chandes, esteve em São Paulo para selecionar também algumas das peças presentes na exposição - e o Brasil se tornou um grande destaque no evento. "Cerca de 70% das obras são de brasileiros", diz Germana Monte-Mór, contando, também, que a instituição francesa tem um amplo acervo do gênero. Criações de Antonio de Dedé, Alcides Pereira dos Santos, Aurelino, Izabel Mendes da Cunha, Zé Bezerra, José Antônio da Silva, Neves Torres, Nilson Pimenta, Nino e Véio, assim como desenhos indígenas, estarão na mostra. / C.M.

O Estado de S.Paulo

28 de março de 2012 | 03h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.