Peça em SP tenta se aproximar de histórias pessoais

A peça "Doce Outono", em cartaz no Espaço dos Satyros Um, traz três histórias distintas com um ponto em comum: todas ocorrem na chegada da estação Outono. De acordo com Roberta Uhller, uma das atrizes da peça, as pessoas que forem ao teatro vão identificar algumas passagens apresentadas com suas próprias vidas. "Alguma cena vai tocar a pessoa, vai fazer com que ela lembre de algo por que já passou."

RENAN CARREIRA, Agencia Estado

18 de agosto de 2009 | 18h46

A primeira história, "O Filho Próspero", trata do reencontro de dois irmãos que não se viam havia muito tempo. "Traição?" aborda o enlouquecimento de uma mulher e a relação dela com o marido. A última, "Mundo, Doce Mundo!", vai mostrar o pensamento de duas idealistas e suas conclusões sobre o universo. O texto e a direção são de Ralph Maizza.

Doce Outono. 14 anos. Espaço dos Satyros Um. Praça Franklin Roosevelt, 214, Consolação. Terças, às 21 horas. 60 minutos. R$ 20 / R$ 10 (meia) / R$ 5 (oficineiros dos Satyros e moradores da Praça Roosevelt).

Tudo o que sabemos sobre:
peçaDoce Outonohistórias

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.