Peça de Plínio Marcos será lida hoje em SP

A Mancha Roxa, peça escrita na década de 80 pelo dramaturgo Plínio Marcos, terá uma leitura dramática hoje, às 19h30, no Memorial da América Latina, com entrada franca. A direção é de Roberto Lage, que pretende montar o texto no segundo semestre deste ano com Magali Biff, Adriana Lessa, Silmara Deon, Neusa Maria Faro, Maíra Galvão e Marcela Leal no elenco. A trama retrata o cotidiano de seis presidiárias e uma carcereira num mundo em meio as drogas, homossexualismo, corrupção no sistema carcerário, divisão social e à aids (a mancha roxa do título). O Memorial da América Latina fica na Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664.

Agencia Estado,

30 de janeiro de 2001 | 14h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.