Peça de Marco Nanini é o destaque cultural do fim de semana em SP

Programação ainda tem homenagens a Ariano Suassuna e novo show de Milton Nascimento

O Estado de S. Paulo

16 Janeiro 2015 | 10h51

Sucesso de público no Rio, Beije Minha Lápide, peça escrita por Jô Bilac, é um dos destaques deste fim de semana em São Paulo. Com direção de Jô Bilac e atuação de Marco Nanini, o espetáculo estreia hoje, 16, no Sesc Consolação.

Beije Minha Lápide

No espetáculo, Nanini interpreta Bala, um fã obsessivo do escritor Oscar Wilde. O enredo parte de um ritual de admiradores de Wilde. No cemitério Père-Lachaise, em Paris, as pessoas iam até o túmulo do escritor para beijar o seu túmulo. No entanto, para preservar o local, foi construída uma parede de vidro ao redor da lápide, o que causa indignação nos visitantes. Bala é um destes e acaba quebrando a redoma e sendo detido.

A peça também tem atuações de Carolina Pismel, Paulo Verlings e Júlia Marini. Os ingressos já estão esgotados para a estreia. Sesc Consolação. R. Dr. Vila Nova, 245, 3234-3000. Estreia hoje (16). 6ª e sáb., 21h; dom., 18h. Até 1º/3. R$ 15/R$ 50 (Ingressos esgotados para hoje, 16). Cc. e Cd.: D, M e V.

Ariano Suassuna - Arte como Missão

A vida e a obra de Ariano Suassuna (1927-2014) são revisitadas na mostra Ariano Suassuna - Arte como Missão, que chega à Caixa Cultural, neste sábado (17). O projeto já passou por seis capitais brasileiras. Teve início no ano passado, quando o escritor ainda estava vivo, e chegou a contar com suas tradicionais aulas-espetáculos na programação.

Em São Paulo, está prevista a exposição fotográfica O Decifrador, com cliques de Alexandre Nóbrega, que era assessor pessoal de Suassuna. As atividades também abrangem uma homenagem musical, com Antonio Nóbrega, no Theatro Municipal e um ciclo com filmes criados a partir da obra do autor de A Pedra do Reino, na Caixa Cultural. 

Caixa Cultural. Pça. da Sé, 111, Sé, 3321-4400. 9h/19h (fecha 2ª). Inauguração: sáb. (17), 11h. Até 22/2. Grátis.  

Teatro Municipal (1.200 lug.). Pça. Ramos de Azevedo, s/nº, Centro, 3053-2100. Sáb. (17), 20h. R$ 1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.