Peça de Gogol ganha edição em português

O que mais chama a atenção nos livrinhos que compõem a Coleção Leitura, da Paz e Terra, é o preço. Cada volume é vendido a R$ 4. Mas, numa prova de que tamanho não é documento - e de que nem tudo que é barato é ruim - os livros de 13,5 cm por 10 cm trazem textos interessantes, às vezes inéditos, de autores (em sua maioria) consagrados. É o caso dos dois novos títulos da coleção.Poemas (110 páginas) é uma seleção de versos do poeta paraibano Augusto dos Anjos (1884-1914). Autor de um único livro publicado (Eu, de 1912), Augusto teve alguns de seus poemas reunidos por Zenir Campos Reis para o mini-livro da Paz e Terra - entre eles, Versos Íntimos, Sonetos ao Pai, Insônia e O Poeta do Hediondo. O outro lançamento da editora contém duas obras do escritor ucraniano Nikolai Vassilievitch Gogol (1809-1852): a peça teatral À Saída do Teatro Depois da Apresentação de uma Comédia e o conto A Avenida Niévski. Traduzido diretamente do russo por Arlete Cavaliere e Mário Francisco, À Saída do Teatro, até então inédita em português, é uma espécie de resposta às virulentas críticas que Gógol recebeu por sua peça O Inspetor Geral, de 1836. A Avenida Niévski, de 1835, faz parte de uma série de escritos intulada Contos Petersburgueses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.